Informações Turísticas - Cachoeiras

Conheça um pouco mais sobre as atrações da Serra do Cipó

Esta página tem caráter ilustrativo. Para visitar os atrativos, procure um guia.

Cachoeira Grande

Cachoeira Grande
É um dos cartões postais da Serra do Cipó e a cachoeira de mais fácil acesso. O Rio Cipó forma uma belíssima queda com 10 metros de altura e 60 metros de largura, com um paredão de pedras e gramíneas. Além de ser uma das mais bonitas, a Cachoeira Grande possui a maior queda da região em volume de água. Os poços são apropriados para banho nas partes baixa e alta da cachoeira, tendo, ainda, a opção da prática de canoagem e/ou caiaque. O acesso é feito por estrada de terra de aproximadamente 2 km.

Cachoeira Véu da Noiva

Veu da Noiva
É uma das mais exuberantes da localidade, com seus 80 metros de queda d’água cristalina que encanta os visitantes que por ali passam. Sua cabeceira, em formato de soleira, é um mirante natural que propicia uma vista privilegiada do complexo Morro da Pedreira e do distrito Serra do Cipó. A cachoeira atrai muitos praticantes de Canyoning. Junto dela existe uma área de camping, com infraestrutura de bar e restaurante, quadras de vôlei, peteca e futebol, além de piscinas de água corrente.

Cachoeira da Capivara

Cachoeira da Capivara
       Acesso Médio 
Localizada na Área de Proteção Ambiental (APA) Morro da Pedreira, a Cachoeira da Capivara é uma das maiores da região da Serra do Cipó. São duas quedas belíssimas e de grande altura, ideais para a prática de Canyoning. A vegetação predominante é de campos rupestres, com uma enorme variedade de orquídeas e sempre-vivas. A beleza singular da cachoeira, somada à exuberância da vegetação, forma um cenário de rara beleza natural.

Cachoeira Braúnas

Cachoeira Braunas
           Acesso Difícil 
Essa cachoeira fica no final do Cânion das Bandeirinhas. A trilha de 15 km é de difícil acesso, sendo indispensável a presença de um guia.

Cachoeira da Caverna

Cachoeira da Caverna
Possui uma linda queda d’água límpida e pura, que esconde uma pequena caverna e dá nome ao local. Uma caminhada de 200 metros leva até a cachoeira. Seu impressionante poço de água esverdeada e transparente é formado pelo Córrego Água Limpa. Descendo o rio, chega-se a outras piscinas naturais e ao encontro dos Rios Água Limpa e Parauninha.

Cachoeira Bicame

Cachoeira Bicame
A Cachoeira do Bicame é formada pelo Rio de Pedras. Possui 50 metros de queda, que despenca por um paredão de pedras e com um poço de 30 metros de diâmetro. A trilha até a cachoeira é em meio a impressionantes formações rochosas.

Cachoeira da Farofa

Cachoeira da Farofa
       Acesso Médio 
A cachoeira fica dentro do Parque Nacional da Serra do Cipó e é uma das mais famosas. A partir da portaria do parque, são mais ou menos 2 horas de caminhada. Durante o passeio, o viajante passa por trilhas entre montanhas, vales, planícies, ribeiras, várzeas, córregos e riachos, com flora e fauna exuberantes.

Cachoeira da Taioba

Cachoeira da Taioba
Para chegar à Cachoeira da Taioba, a partir da Cachoeira da Farofa, é só atravessar o rio Mascate após a mata, entrar à direita, seguir até o riacho da Taioba e prosseguir pela sua margem direita. A piscina natural é a recompensa da caminhada. Também é possível ir de bicicleta ou a cavalo.

Cachoeira das Andorinhas

Cachoeira das Andorinhas
       Acesso Médio 
A cachoeira de 40 metros apresenta uma queda que se divide em duas, lembrando as asas abertas de uma Andorinha. É formada por uma mistura de corredeiras e duchas naturais, em meio a uma vegetação de cerrado e afloramentos de quartzo. O acesso corta campos rupestres, além de proporcionar uma vista panorâmica. Este passeio através da Serra da Bocaina permite a observação de uma bela paisagem da Serra do Espinhaço.

Cachoeira de Baixo

Cachoeira de Baixo
       Acesso Médio 
A cachoeira fica logo abaixo da ponte sobre o rio Cipó. É um dos belos atrativos naturais localizados ao longo do curso do rio. Com 40 metros de largura em um paredão extenso, a cachoeira é formada por vários degraus, originando um grande número de cascatas de pequeno porte e piscinas naturais de diferentes profundidades.

Cachoeira do Bené

Cachoeira do Bené
       Acesso Médio 
Um pouco mais afastada do Vilarejo de São José da Serra, esta cachoeira ainda é pouco explorada pelos visitantes. Possui rara beleza, tem duas quedas e várias duchas naturais formando uma bela piscina. É um lugar que não se pode deixar de conhecer.

Cachoeira do Congonhas

Cachoeira do Congonhas
Por uma trilha com vista panorâmica que permite observar os notáveis afloramentos rochosos da Serra do Cipó, chega-se à Cachoeira do Congonhas, que possui um poço onde se pode praticar mergulhos. No local é possível também a prática do rapel. A cachoeira de 30 metros de altura tem poço de cor esverdeada transparente, que proporciona um banho revigorante.

Cachoeira do Gavião

Cachoeira do Gaviao
       Acesso Médio 
A cachoeira vem escorrendo pelas pedras a uma altura de 30 metros, até formar uma pequena queda que cai em um pequeno poço esverdeado.

Cachoeira do S

Cachoeira do S
       Acesso Médio 
A cachoeira vem escorrendo pelas pedras a uma altura de 30 metros, até formar uma pequena queda que cai em um pequeno poço esverdeado.

Cachoeira do Tabuleiro

Cachoeira do Tabuleiro
       Acesso Médio 
Situada a 66 km de Conceição do Mato Dentro, é a maior cachoeira de Minas e a terceira (há quem diga a segunda) maior do Brasil. São 273 metros de queda livre, formada a partir de um paredão com uma beleza própria. Na parte alta da cachoeira, existem outras quedas e lagos e, na parte de baixo, um grande poço ladeado por imensos blocos de pedra. A cachoeira está situada no Parque Municipal Ribeirão do Campo. Foi eleita recentemente pelo Guia 4 Rodas a mais bonita do Brasil.

Cachoeira do Tombador

Cachoeira do Tombador
Localizada na região do Vale da Bocaina, a Cachoeira do Tombador é uma das mais belas da Serra do Cipó. Possui duas quedas e excelente poço para banho. Para chegar à cachoeira, é preciso passar por uma trilha cercada de uma rica vegetação típica do Cerrado, com predominância de árvores de portes maiores como pequizeiros, jatobás e sucupiras. Esta trilha é cortada também por pequenos riachos de água cristalina; e a recompensa final são os refrescantes banhos em suas piscinas e duchas naturais.

Cachoeira do Tomé

Cachoeira do Tomé
A Cachoeira do Tomé possui 5 metros de queda e grande piscina natural de 40 metros de diâmetro. Indicada para canyoning e rafting, a cachoeira é cercada por uma mata ciliar belíssima.

Cachoeira Mãe D'agua

Cachoeira Mae d'agua
       Acesso Médio 
A cachoeira está localizada acima da Cachoeira Véu da Noiva. Suas águas dão origem ao Ribeirão Soberbo, que desagua no Rio Cipó e que, por sua vez, é um afluente do Rio das Velhas.

Cachoeira Serra Morena

Cachoeira Serra Morena
A Cachoeira Serra Morena possui 60 metros de altura e poço de 30 metros de diâmetro. Uma subida íngreme dá acesso ao mirante da cachoeira e, para se chegar ao poço, é preciso passar por uma descida também íngreme. Há estrutura de restaurante nos finais de semana, feriados e alta temporada.